Metroid: Samus Returns - PRIMA anuncia guia oficial + pôster exclusivo da Comic-Con

INÍCIO_DE_TRANSMISSÃO
OBJETIVO_:_NOTÍCIA

Em anúncio pelas redes sociais, o grupo PRISMA, conhecido por seus guias de diferentes jogos eletrônicos, anunciou um guia próprio para o vindouro Metroid: Samus Returns, que chegará no dia 15 de Setembro à família 3DS.

O guia já está disponível para pré-venda no site oficial, que pode ser acessado clicando aqui. O preço é de US$19,99.

Somando a isso, PRISMA também estará dando pôsteres com uma arte inédita do jogo para aqueles que forem ao seu estande na Comic-Con de San Diego, começando às 13:30 do horário local. Os pôsteres só serão dados enquanto durarem os estoques.

Confira ambos abaixo:


Como dito anteriormente, Metroid: Samus Returns chegará às lojas no dia 15 de Setembro, exclusivamente para a família 3DS.

Fonte_(via)_

FIM_DE_TRANSMISSÃO

Produtor da animação de Castlevania afirma querer trabalhar com Metroid

INÍCIO_DE_TRANSMISSÃO
OBJETIVO_:_RELATÓRIO

 Mais cedo este mês, foi lançada no serviço de streaming Netflix a primeira temporada da muito aguardada série animada de Castlevania. De acordo com informações a série foi muito bem recebida por críticos e audiências, sendo criticada apenas por sua curta duração.

O produtor dessa série, Adi Shankar, que também está trabalhando em uma série animada baseada na franquia Assassin's Creed, afirmou, em entrevista ao veículo de comunicação Nintendo Life, que, após terminar seu trabalho em ambas, gostaria de trabalhar em Metroid, se ele tivesse a oportunidade:


"Metroid sombrio no mesmo estilo."

Apesar de Metroid não ser exatamente o tipo de material que pode lidar com as cenas altamente gráficas e os temas mais sombrios e pesados da série Castlevania, não se pode negar que a ideia de uma possível série animada é muito intrigante.

A entrevista completa (em inglês) pode ser encontrada na fonte, logo a seguir.

_Fonte_(via)_

FIM_DE_TRANSMISSÃO

Metroid: Samus Returns - Título é considerado o melhor jogo portátil da E3 2017

INÍCIO_DE_TRANSMISSÃO
OBJETIVO_:_NOTÍCIA

O anúncio de Metroid: Samus Returns foi um dos pontos mais altos do evento Electronic Entertainment Expo de 2017, também conhecido como E3 2017.

Aparentemente, o jogo não só agradou por trazer de volta um estilo de Metroid que não era visto há 13 anos, como também chamou atenção por sua qualidade. Em recente anúncio pela rede social Twitter, o grupo por trás do desenvolvimento do novo título, MercurySteam, anunciou que sua cooperação com a Nintendo foi considerada o melhor jogo portátil do evento pelos Game Critic Awards.

O tweet anunciando tal vitória pode ser visto abaixo:




Metroid: Samus Returns é um remake de Metroid II: Return of Samus, lançado originalmente para o GameBoy; o título será lançado no dia 15 de Setembro de 2017 para a família de sistemas 3DS.

_Fonte_:_via_

FIM_DE_TRANSMISSÃO

Metroid: Samus Returns - Demanda por Metroidvanias influenciou criação de título

INÍCIO_DE_TRANSMISSÃO
OBJETIVO_:_NOTÍCIA_/_OUTROS

Um escaneamento recente apontou para novas informações quanto ao desenvolvimento do vindouro Metroid: Samus Returns. No caso, foi descoberto que a demanda por jogos do gênero Metroidvania, iniciado pelo Metroid original, em 1986, teve grande influência na decisão de desenvolver um novo Metroid 2D.

A revelação é de um dos dois produtores atuais da franquia, Yoshio Sakamoto, em entrevista com o veículo de comunicação CGMagazine.


Segue em anexo as palavras dele, ao ser perguntado quanto aos jogos do gênero.

"Sim, eu estou ciente da abundância do [de jogos do] gênero Metroidvania. Eu sei que há muitos, mas eu não os joguei, no entanto, uma coisa que aprendi disso tudo é que, há uma necessidade por isso, uma sede por esse gênero. As pessoas estão empolgadas pelo gênero, e, de um ponto de marketing, entender que esse mercado existe, tem sido cooperante ter todas essas pessoas pedindo por [jogos de Metroidvania]. E isso realmente solidificou esse desejo de criar um novo Metroid 2D."

Metroid: Samus Returns, uma reimaginação de Metroid II: Return of Samus, lançado originalmente para o GameBoy, é o primeiro jogo 2D de Metroid em 13 anos, o último a ser lançado tendo sido Metroid: Zero Mission, lançado para o GameBoy Advance em 2004.
O novo título será lançado no dia 15 de Setembro de 2017, para a família de sistemas 3DS.

_Fonte_(tradução)_

FIM_DE_TRANSMISSÃO_

Metroid: Samus Returns - Título é avistado em novo vídeo

INÍCIO_DE_TRANSMISSÃO
OBJETIVO_:_NOTÍCIA

Durante um escaneamento recente, foi descoberto que o vindouro Metroid: Samus Returns tomou parte em um pequeno vídeo da Nintendo destacando os principais títulos do ano para a família de sistemas 3DS. No entanto, não foi visto nada de inédito.

O vídeo pode ser visto logo abaixo.



Metroid: Samus Returns quebra o longo hiato da caçadora de recompensas no dia 15 de Setembro de 2017, reimaginando o antigo Metroid II: Return of Samus, lançado originalmente para o GameBoy.

_Fonte_:_YouTube_

FIM_DE_TRANSMISSÃO

Metroid: Samus Returns - Sakamoto fala sobre escolhas para título: desenvolvedora, ideias, mais

INÍCIO_DE_TRANSMISSÃO
OBJETIVO_:_NOTÍCIA


Foi recebida a informação de que, em entrevista com o veículo de comunicação Time, Yoshio Sakamoto, um dos dois responsáveis pela franquia Metroid, revelou detalhes sobre o que o levou a se aliar com a desenvolvedora MercurySteam (cujo trabalho mais notável no 3DS, até o momento, foi o título Castlevania: Lords of Shadow - Mirror of Fate), além das várias direções que levaram ao desenvolvimento do vindouro Metroid: Samus Returns.



As falas a seguir são traduções do que Sakamoto revelou a Matt Peckam para o artigo Metroid: Samus Returns Is Exactly The Metroid The 3DS Needs. Um direcionamento para o artigo será feito no encerramento desta transmissão.

Metroid: Samus Returns - Desenvolvedores falam sobre como é trabalhar com a Nintendo



INÍCIO_DE_TRANSMISSÃO
OBJETIVO_:_NOTÍCIA

Além de ser o primeiro jogo 2D depois de 12 anos, Metroid: Samus Returns é também o primeiro jogo 2D da franquia a ser desenvolvido em conjunto com um grupo de terceiros (ver third party).

Em diálogos com o endereço eletrônico espanhol Game Reactor, o representante da desenvolvedora MercurySteam, Enric Alvarez, revelou a grande empolgação que seu time teve com o projeto, assim como o quão eles admiraram o modo de supervisão e desenvolvimento da Nintendo.
Suas palavras seguem em anexo: